O USO INDEVIDO DE ANTIBIÓTICOS SEM RESTRIÇÃO MÉDICA E SEUS DANOS NA SAÚDE PÚBLICA

28/10/2010

Antibióticos são substâncias antimicrobianas e citostáticas, capazes de agir como tóxico seletivo, quando administrados em pequenas doses (OLIVEIRA, 2008). Os antibióticos agem de maneira específica e inespecífica, sendo que os inespecíficos agem sobre microorganismos patogênicos ou também pode acontecer de não haver essa eficácia esperada. Dando um exemplo de antibiótico inespecífico temos os desinfetantes, e os anticépticos. Os específicos são os que matam bactérias. Pois cada antibiótico é elaborado para matar ou destruir a bactéria especifica O antibitioco foi descoberto por Alexander Fleming, pela descoberta da penicilina em 1928. Daí em diante passou se a elaborar vários tipos de antibióticos. Porém a penicilina só foi de uso da população no ano de 1941, no qual soldados feridos utilizaram na segunda guerra mundial.O antibiótico prescrito para uma pessoa não deve ser deferido a outra pessoa ,pois cada antibiótico tem sua atuação  bacteriana.A população por não saber se auto medica com os antibióticos sem saber qual a finalidade do mesmo.Por exemplo antibióticos não podem ser prescrito no caso de gripes ,resfriados  que são causadas por vírus e fungos, pois  antibióticos não matam nem vírus nem fungos. O uso indevido do antibiótico causa multirresistência de muitas bactérias, pois cada antibiótico é elaborado para uma determinada bactéria. O uso indevido de antibiótico causa um dano a saúde pública no valor de 100 bilhões de dólares gasto anualmente. Existem fatores, por exemplo, que desencadeiam  uma proliferação bacteriana  nos setores hospitalares, isso gerando infecções e mortes, que se torna causa de saúde pública. Alguns desses fatores são: Uso indiscriminado dos antibióticos que ocorrem em 50% das prescrições inapropriadas, de acordo com a OMS causa 25% de mortes em todo pais e 45 % nos países menos desenvolvidos, devido a multirresistencia bacteriana. É utilizado 2/3 desse medicamento de forma incorreta e sem prescrição médica. O uso incorreto do medicamento por não haver prescrição, sendo ingerido de maneira inadequada, as vezes um dia sim,ou  três dias,fazendo o  tratamento incorreto  ,havendo interrupção medicamentosa sem saber o tempo de limite do antibiótico ,isso  acarreta a resistência do antibiótico ,causando fortalecimento as bactérias  e levando até  mesmo o óbito do paciente.É importante explicar ao paciente os danos causados por uso de medicamentos sem prescrição do profissional de saúde. Se é questão de saúde pública  ,cabe a nós da saúde realizar educação em saúde  tanto a população, e aos profissionais da saúde estarem atento a esse fato.Pois a maior profilaxia existe, quando há consciência do fato antes que ele ocorra ,gerando danos a saúde da população.Não é recomendável usar qualquer medicamento sem a prescrição de um  profissional habilitado  a prescrevê-lo.

Qualquer dúvida procure um enfermeiro da sua unidade de saúde, ou fale diretamente com deu médico.

Atenciosamente

Zenilda Martins

Enfermeira e graduanda de Saúde Pública

Membra do Grupo de estudos Doenças Raras

Referências bibliográficas

1-    Tobar, Frederico. Los medicamentos y La promesa incumplida de la medicina moderna .Boletim de programa de investigação  aplicada a saúde. 200 1

Anúncios
Esse post foi publicado em Saúde e bem-estar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s